Home » Bulário » ALBENDAZOL
Ver preço com desconto
Laboratório de Albendazol
Genérico
Referência de Albendazol
Albendazol
Apresentação de Albendazol
Cada comprimido contém:Albendazol .........................................400mgexcipientes q.s.p................................................1 comprimido(lactose, amido pré-gelatinizado, polivinilpirrolidona, lauril sulfato de sódio, amidoglicolato de sódio, polissorbato 80, celuloseo microcristalina, sacarina sódica, estearato de magnésio, croscarmelose sódica, propilenoglicol, corante laca amarelo (FDC n 6),essências de baunilha, laranja e maracujá e dióxido de silício coloidal).
Informações sobre Albendazol
Cuidados de administração: “Siga a orientação do seu médico respeitando sempre os horários, as doses e a duração dotratamento”. Interrupção do tratamento: “Não interromper o tratamento sem o conhecimento do seu médico”. Reações adversas: “Informe seu médico o aparecimento de reações desagradáveis, tais como: desconforto gastrintestinal, securada boca, dor de cabeça e prurido cutâneo (coceira)”. “TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS”. Ingestão concomitante com outras substâncias: A biodisponibilidade oral pode ser alterada quando ingerido com alimentosgordurosos. Contra-indicações: O Albendazol é contra-indicado a pacientes com hipersensibilidade a quaisquer componentes da fórmula.Gravidez, lactação e crianças menores de 2 anos de idade. “Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando antes do início ou durante o tratamento”. “NÃO TOME MEDICAMENTO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO, PODE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚDE”.
Indicações de Albendazol
O Albendazol é indicado no tratamento das infecções simples ou mistas causadas por parasitas intestinais. Estudos clínicos reveladospela literatura mostram que o Albendazol é efetivo no tratamento de infecções por Ascaris lumbricoides, Trichuris trichiura, Enterobiusvermiculares, Ancylostoma duodenale, Necator americanus, Taenia sp. e Strongyloides stercoralis. O Albendazol também temdemonstrado ser eficaz no tratamento de infecções por Giardia duodenalis em crianças.
Contra Indicações de Albendazol
O Albendazol É CONTRA-INDICADO A PACIENTES COM HIPERSENSIBILIDADE A QUAISQUER COMPONENTES DAFÓRMULA. GRAVIDEZ, LACTAÇÃO E CRIANÇAS MENORES DE 2 ANOS DE IDADE.
Advertências sobre o uso de Albendazol
Deve-se assegurar, antes de utilizar o produto, de que não há processo de gravidez para mulheres em idade fértil (15-40anos). Recomenda-se a administração, do referido medicamento, no período de sete dias após o início da menstruação.Considerando que ainda não estão disponíveis informações suficientes sobre o uso do medicamento em crianças com idadeinferior a dois anos de idade, não se recomenda administrar o Albendazol nesta faixa etária.
Uso na Gravidez de Albendazol
“Informe seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término”. “Informe seumédico se está amamentando”. O uso de Albendazol não é recomendado em mulheres grávidas (por causa do seu conhecido efeito teratogênico), exceto emcircunstâncias clínicas onde não existam alternativas.
Interações Medicamentosas de Albendazol
Ainda não se tem relato sobre a possibilidade de interações que ocorrem entre o Albendazol e outros medicamentos. Abiodisponibilidade oral pode ser alterada quando ingerido com alimentos gordurosos.
Reações Adversas de Albendazol
Casos raros de desconforto gastrintestinal, náuseas e vômitos, diarréia, constipação, cefaléia, secura da boca e pruridocutâneo têm sido relatados.
Posologia de Albendazol
Infecções por helmintos: adultos e crianças (maiores de 2 anos):Dose usual: 1 comprimido de 400 mg, em dose única.Nos casos de infecção confirmada ou suspeitada por: Strongyloides stercoralis e Taenia sp.:1 comprimido de 400 mg como dose única, a ser administrada por 3 (três) dias consecutivos. Giardia duodenalis: uma dose única de Albendazol 400 mg, diariamente, por 5 dias é eficaz em crianças.Observações: se o paciente não apresentar cura após três semanas, é preciso iniciar um segundo curso de tratamento.Os comprimidos podem ser engolidos, mastigados, triturados ou misturados a alimentos. Não há necessidade de procedimentosespeciais, tais como dieta ou purgantes.
Características Farmacológicas de Albendazol
Este medicamento contém como princípio ativo o Albendazol, quimicamente o (metil-5(propil-tio)-1H benzimidazol-2-il) carbamato queem estudos nos animais e no homem exibe propriedades ovicida, larvicida e anti-helmíntica. A droga exerce atividade anti-helmínticapor inibição da polimerização dos túbulos; com isto, o nível de energia do helminto torna-se inadequado à sua sobrevivência.Inicialmente, imobiliza os helmintos e posteriormente os mata. No homem, após a dose oral, o Albendazol tem pequena absorção(menos que 5%). A maior parte de sua ação anti-helmíntica é na luz intestinal. Com uma dose de Albendazol de 6,6mg/kg de peso, aconcentração plasmática de seu principal metabólito, um sulfóxido, atinge o máximo de 0,25 a 0,30mcg/mL após aproximadamente 2horas e 30 minutos. A meia-vida de eliminação do sulfóxido plasmático é de 8 horas e 30 minutos. O metabólito é essencialmenteeliminado na urina.
Resultados de Eficácia de Albendazol
O Albendazol tem ação anti-helmíntica.
Uso em idosos, crianças e em outros grupos de risco de Albendazol
O uso em pacientes idosos (acima de 60 anos) requer prescrição e acompanhamento médico.
Armazenagem de Albendazol
Conservar em temperatura ambiente entre 15° e 30°C. Proteger da luz e umidade.
Ver preço com desconto
Aqui você encontra a bula do medicamento Albendazol. Todas as informações sobre o medicamento Albendazol têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento com o medicamento Albendazol. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com o medicamento Albendazol devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.
Todas as informações contidas neste site têm a intenção de somente informar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento.

Decisões relacionadas a tratamento de pacientes devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

“NÃO TOME NENHUM MEDICAMENTO SEM O CONHECIMENTO DE SEU MÉDICO. PODE SER PREJUDICIAL PARA SUA SAÚDE”.
Consulte Também
Bulário NOVO!
Laboratórios
Medicamentos Genéricos
Medicamentos Referência
Perguntas e Respostas
Medicamentos Genéricos
Embalagem
Glossário
O que são Genéricos
Quem somos?
Quem Somos
Política de Privacidade
Fale Conosco
Adicionar Favoritos
Indique este site
Links Rápidos
Alertas e Informes ANVISA
Unidades Públicas de Saúde
Conselho Nacional de Saúde
Conselho Federal de Farmácia
© 2014 Busca Remédio - Todos os direitos reservados - Política de Privacidade