Home » Bulário » ESSEN
Ver preço com desconto
Laboratório de Essen
Farmasa
Apresentação de Essen
emb. c/ 16 cáps.
Informações sobre Essen
Cada cápsula contém: cloridrato de metoclopramida 7 mg; dimeticona 30 mg; ácido desidrocólico 25 mg; diastase 20 mg; pepsina 10 mg; lipase 20 mg; celulase 30 mg; pancreatina 40 mg. Este produto é uma associação medicamentosa destinada fundamentalmente a atuar na normalização homeostática dos casos de insuficiência digestiva, por distúrbio da motilidade e insuficiência enzimática, nos quadros dispépticos hiperfermentativos e putrefativos, nas discinesias biliares e na sintomatologia correlata. Atua pela ação conjugada dos seus componentes: o cloridrato de metoclopramida possui atividade reguladora eletiva sobre o comportamento digestivo, facilitando o esvaziamento gástrico; a dimeticona atua indiretamente sobre a motilidade gastrointestinal, graças aos seus efeitos sobre os gases de fermentação, reduzindo o acúmulo e desta forma, opondo- se à distensão do tubo gastrointestinal; o ácido desidrocólico é um colerético, ou seja, substância que estimula a secreção da bile, cuja principal função é facilitar a emulsão de gorduras; a diastase, enzima capaz de transformar o amidoemdextrina e estaemmaltose, impede que os amidos cheguem ao cólon sem terem sido digeridos, não sendo, desta forma, atacados pela flora bacteriana local, o que produziria grande quantidade de gases, e conseqüentemente distensão e flatulência; a pepsina, protease que transforma as proteínas em peptonas, facilita a absorção; a lipase pancreática, enzima lipolítica atua hidrolizando a ligação dos triglicérides e dos ácidos graxos; a celulase produz a hidrólise da celulose e da hemicelulose, evitando distúrbios em sua digestão e a pancreatina, subst ância que contém várias enzimas, principalmente amilase pancreática, lipase e tripsina. Estas enzimas catalisam a hidrólise da gordura em ácidos graxos/glicerol, do amido em dextrinas/açúcares e da proteína em proteoses/ derivados.
Indicações de Essen
Como normalizador de insuficiência digestiva conseqüente aos distúrbios da motilidade entéricacomhipotonia ou atonia; insuficiência enzimática digestiva; insuficiência pancreática; quadroscomhiperfermentação e putrefação aumentadacom ou sem distensão abdominal, eructações, meteorismo e flatulência; distúrbios hepato-biliares, principalmente os devidos a deficiência funcional de secreção biliar.
Contra Indicações de Essen
HIPERSENSIBILIDADE INDIVIDUAL A QUALQUER COMPONENTE DA FORMULAÇÃO. A METOCLOPRAMIDA É CONTRA-INDICADA EM PACIENTES COM FEOCROMOCITOMA, POIS PODE DESENCADEAR CRISE HIPERTENSIVA, DEVIDO À PROV ÁVEL LIBERAÇÃO DECATECOLAMINAS DOTUMOR; PACIENTES COM SÍNDROME DE PARKINSON E OUTRAS DOENÇAS EXTRAPIRAMIDAIS. A METOCLOPRAMIDA NÃO DEVE SER USADA NOS CASOS EM QUE A ESTIMULAÇÃO DA MOTILIDADE GASTROINTESTINAL SEJA PERIGOSA, COMO POR EXEMPLONAPRESENÇADEHEMORRAGIA DIGESTIVA, OBSTRUÇÃO MECÂNICA OU PERFURAÇÃO GASTROINTESTINAL. A METOCLOPRAMIDA NÃODEVE SER USADA EM PACIENTES EPILÉPTICOS OU QUE ESTEJAM RECEBENDO OUTRAS DROGAS QUE POSSAMCAUSARREA ÇÕESEXTRAPIRAMIDAIS,UMAVEZ QUE A FREQÜÊNCIA E A INTENSIDADE DESTAS REAÇÕES PODEM SER AUMENTADAS.
Advertências sobre o uso de Essen
A METOCLOPRAMIDA PODECAUSARO APARECIMENTODESINTOMASEXTRAPIRAMIDAIS, PRINCIPALMENTEEMCRIAN ÇAS EADULTOS JOVENS,MESMOAPÓS UMAÚNICA DOSE.EMGERAL SE TRADUZEMPORINQUIETA ÇÃO, MOVIMENTOS INVOLUNTÁRIOS DOS MEMBROS E DA FACE.EM PACIENTES IDOSOSPODE HAVER DISCINESIA TARDIA, APÓS USOPROLONGADO. A METOCLOPRAMIDA NÃO DEVE SER USADA EM PACIENTES COM HISTÓRICO DE DEPRESSÃO,A MENOS QUE OS BENEFÍCIOS SUPEREM OS POSSÍVEIS RISCOS. A METOCLOPRAMIDA PODE AUMENTAR OS NÍVEIS SÉRICOS DE PROLACTINA,O QUE PODE SER CONTRAINDICADO EM PACIENTES COM CÂNCER DE MAMA. A METOCLOPRAMIDA PODE COMPROMETER O ESTADO DE ALERTA.OS PACIENTES DEVEM VERIFICAR A RESPOSTA AO MEDICAMENTO ANTES DE DIRIGIR VEÍCULOS OU REALIZAR TAREFAS QUE REQUEIRAM ATENÇÃO.
Uso na Gravidez de Essen
NÃO EXISTEM ESTUDOS ADEQUADOS E BEM CONTROLADOS COM METOCLOPRAMIDAEMMULHERES GRÁVIDAS. A METOCLOPRAMIDA É EXCRETADA NO LEITE MATERNO. O USO DESTE PRODUTO NESSES PERÍODOS SÓ DEVE SER FEITO SOB ORIENTAÇÃO MÉDICA.
Interações Medicamentosas de Essen
OS EFEITOS DA METOCLOPRAMIDA NA MOTILIDADE GASTROINTESTINALSÃO ANTAGONIZADOS PELAS DROGAS ANTICOLINÉRGICAS E ANALGÉSICOS NARC ÓTICOS. PODE HAVER POTENCIALIZAÇÃO DOS EFEITOS SEDATIVOS QUANDO SE ADMINISTRA METOCLOPRAMIDAJUNTO COM ÁLCOOL, SEDATIVOS, HIPNÓTICOS, NARCÓTICOSOUTRANQÜILIZANTES. A METOCLOPRAMIDA PODE INTERFERIR NA ABSORÇÃO DAS SEGUINTES SUBSTÂNCIAS: DIGOXINA(DIMINUIÇÃO), PARACETAMOL, ASPIRINA, TETRACICLINA, LEVODOPA (AUMENTO). A METOCLOPRAMIDA DEVE SER USADA COM CAUTELA EM PACIENTES SOBTRATAMENTO COM INIBIDORES DA MONOAMINOXIDASE (IMAO).
Reações Adversas de Essen
ASREAÇÕESADVERSASMAISFREQÜENTESSÃOINQUIETA ÇÃO, SONOLÊNCIA, FADIGA ELASSIDÃO.COM MENOR FREQÜÊNCIA PODEM OCORRER INSÔNIA, CEFALÉIA,TONTURA,NÁUSEAS,SINTOMAS EXTRAPIRAMIDAIS, GALACTORRÉIA, GINECOMASTIA, ERUPÇÕES CUTÂNEAS, INCLUINDO URTICÁRIA OU DISTÚRBIOS INTESTINAIS.
Posologia de Essen
Uma ou duas cápsulas durante ou após as refeições principais, ou a critério médico.
Superdosagem de Essen
Os sintomas de superdosagem pode mincluir sonolência, desorientação e reações extrapiramidais.Otratamento pode ser feito com anticolinérgicos ou antiparkinsonianos,além de medidas gerais. Em geral ossintomas desaparecem em 24 horas.
Ver preço com desconto
Aqui você encontra a bula do medicamento Essen. Todas as informações sobre o medicamento Essen têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento com o medicamento Essen. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com o medicamento Essen devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.
Todas as informações contidas neste site têm a intenção de somente informar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento.

Decisões relacionadas a tratamento de pacientes devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

“NÃO TOME NENHUM MEDICAMENTO SEM O CONHECIMENTO DE SEU MÉDICO. PODE SER PREJUDICIAL PARA SUA SAÚDE”.
Consulte Também
Bulário NOVO!
Laboratórios
Medicamentos Genéricos
Medicamentos Referência
Perguntas e Respostas
Medicamentos Genéricos
Embalagem
Glossário
O que são Genéricos
Quem somos?
Quem Somos
Política de Privacidade
Fale Conosco
Adicionar Favoritos
Indique este site
Links Rápidos
Alertas e Informes ANVISA
Unidades Públicas de Saúde
Conselho Nacional de Saúde
Conselho Federal de Farmácia
© 2019 Busca Remédio - Todos os direitos reservados - Política de Privacidade