Home » Bulário » OMNIPAQUE
Ver preço com desconto
Laboratório de Omnipaque
Sanofi
Apresentação de Omnipaque
sol. inj. 300 mg/ml emb. c/ 1 fr. ampola c/ 20 ml sol. inj. 300 mg/ml emb. c/ 1 fr. ampola c/ 50 ml sol. inj. 350 mg/ml emb. c/ 1 fr. ampola c/ 50 ml
Indicações de Omnipaque
Via intratecal Omnipaque 300 está indicado para uso em adultos. A via intratecal presta-se à mielografia (lombar, torácica, cervical e coluna total) e à intensificação do contraste na tomografia computadorizada (mielografia, cisternografia, ventrículografia em adultos). Omnipaque 350 não é recomendado para uso intratecal. Via intravascular Omnipaque 350 é indicado em adultos para angiocardiografia (ventriculografia, arteriografia coronariana seletiva), aortografia, tomografia computadorizada da cabeça e corpo, angiografia intravenosa de subtração digital (cabeça, pescoço, abdominal, renal, vasos periféricos), arteriografia periférica e urografia excretora. Omnipaque 350 é indicado em pediatria para angiocardiografia (ventriculografia, arteriografia e venografia pulmonar, estudo das artérias colaterais, aortografia). Omnipaque 300 está indicado em adultos para aortografia, tomografia computadorizada da cabeça e corpo, arteriografia cerebral, flebografia e urografia excretora. Omnipaque 300 é indicado em pediatria para ventriculografia, tomografia computadorizada da cabeça e urografia excretora. Via oral Omnipaque 350 é indicado em adultos para exame radiológico do trato gastrointestinal. Em crianças, Omnipaque diluído até concentrações entre 9 e 21 mg de iodo/ml pode ser usado em conjunto com Omnipaque 300 por via IV para tomografia computadorizada do abdome. Via intracavitária Omnipaque 350 é indicado em adultos para artrografia. Omnipaque 300 está indicado para artrografia e histerosalpingografia em adultos. Em crianças, Omnipaque diluído a concentrações entre 50 e 100 mg de iodo/ml presta-se à uretrocistografia retrógrada.
Contra Indicações de Omnipaque
Omnipaque não deve ser administrado a pacientes com conhecida hipersensibilidade ao iohexol. ecificamente quanto ao uso intratecal, constituem contra-indicações adicionais: * infecção local ou sistêmica significante, com possibilidade de bacteremia; * administração concomitante de corticosteróides por via intratecal; * repetição imediata de mielografia contrastada, pois há risco de acúmulo (aguardar no mínimo 48 horas).
Reações Adversas de Omnipaque
Reações adversas a meios de contraste podem ser quimiotóxicas ou idiossincrásicas; as primeiras decorrem das propriedades físico-químicas do composto, da dose e da velocidade de administração, e as idiossincrásicas dependem da sensibilidade peculiar de cada paciente, e são mais freqüentes em pessoas alérgicas. Cerca de 95% das reações verificadas com agentes de contraste hidrossolúveis são de intensidade leve a moderada, e em geral se manifestam dentro de alguns minutos após o início da administração. A incidência de efeitos adversos com contrastes não-iônicos como o iohexol parece ser menor do que com contrastes iônicos. As reações mais freqüentes são mencionadas a seguir. Com uso intratecal, pode haver cefaléia, náusea e vômitos de intensidade leve ou moderada, surgindo de 1 a 10 horas após a administração e em geral desaparecendo dentro de 24 horas. Foram também relatadas dor nas costas, tontura, rigidez do pescoço (irritação meningea). Mais raramente, cefaléia intensa, zumbidos, cansaço acentuado, sonolência, sensibilidade ocular à luz, dificuldade de micção, sudorese aumentada, anorexia. Com uso intravascular, há relatos de cefaléia, náusea e vômitos leves ou moderados, sensação de calor, alterações da visão, tontura, sabor metálico, dor ou ardor no local da injeção, angina, hipotensão, arritmias. Com uso oral, pode ocorrer diarréia, geralmente leve e transitória. Reações adversas graves são raras, mas podem ocorrer com qualquer via de administração: reação pseudo-alérgica (urticária, congestão nasal, edema da face, dificuldade de respiração), que pode ser a manifestação inicial de uma reação anafilactóide mais grave; broncoespasmo ou edema pulmonar; hipotensão acentuada; convulsões; meningite asséptica; confusão mental; hiperreflexia; tremor; outros sinais e sintomas de irritação do SNC. Administração intravascular pode, raramente, provocar efeitos cardiotóxicos, manifestados por taquicardia ou fibrilação ventriculares, ou bradicardia (após angiocardiografia), podendo chegar ao choque e parada cardíaca. Foram também relatadas ocorrências de tromboembolismo, resultando em infarto do miocárdio ou AVC, mas tais eventos parecem estar relacionados à técnica de administração.
Posologia de Omnipaque
VIA INTRATECAL Pacientes que estejam em uso de anticonvulsivantes devem ser mantidos nessa medicação. Nos pacientes com história de convulsões que não estejam sendo medicados, deve ser considerado o uso profilático de barbitúricos. Devem ser tomadas precauções para prevenir a penetração intracraniana inadvertente de quantidade grande ou concentrada do meio de contraste, e para impedir sua dispersão muito rápida (por exemplo decorrente de movimentação ativa do paciente, ou não elevação da cabeça). O volume e concentração de Omnipaque a serem administrados estão na dependência do grau e extensão desejados de contraste, e do equipamento e técnica utilizados. Veja no ítem Indicações- as apresentações apropriadas para os diversos tipos de exame. Não devem ser ultrapassadas doses totais de 3060mg de iodo em adultos, ou 2940 mg de iodo em crianças, em cada exame. Velocidade de administração: a injeção do contraste deve ser praticada lentamente, ao longo de 1 ou 2 minutos, a fim de evitar a mistura excessiva com o líquor e diluição do contraste. Na dependência do volume a ser injetado, pode ser aconselhável retirar pequena quantidade de líquor para evitar a distensão dos espaços subaracnóideos. Cuidados de administração Antes da mielografia: suspensão do uso de fenotiazinas pelo menos 48 horas antes; dieta normal até 2 horas antes; assegurar bom estado de hidratação. Durante o exame: usar a dose mínima possível; manter a cabeça do paciente sempre mais elevada que a coluna; não abaixar a cabeceira da mesa mais de 15 graus; em pacientes com lordose acentuada, considerar posicionamento lateral para a injeção e para o deslocamento do contraste em direção cefálica; injetar lentamente; para manter o contraste em bolus-, desloque-o muito lentamente para a área distal, usando monitoração fluoroscópica; evite penetração intracraniana maciça; evite dispersão prematura e alta do contraste em direção cefálica; recomende ao paciente para evitar movimentação ativa, e mova-o lentamente, quando necessário. Após o exame: eleve a cabeceira da maca ou do leito para no mínimo 30 graus antes de transferir o paciente; aconselhe o paciente a permanecer imóvel no leito, sentado ou semi- sentado, durante as primeiras horas (como alternativa, o paciente pode ser colocado em cadeira de rodas); manter observação cuidadosa pelo menos durante 12 horas; estimular ingestão de líquidos, e manter dieta livre; não utilizar antieméticos fenotiazínicos; manter o paciente hidratado, se necessário por via intravenosa. Doses recomendadas para adultos
Ver preço com desconto
Aqui você encontra a bula do medicamento Omnipaque. Todas as informações sobre o medicamento Omnipaque têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento com o medicamento Omnipaque. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com o medicamento Omnipaque devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.
Todas as informações contidas neste site têm a intenção de somente informar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento.

Decisões relacionadas a tratamento de pacientes devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

“NÃO TOME NENHUM MEDICAMENTO SEM O CONHECIMENTO DE SEU MÉDICO. PODE SER PREJUDICIAL PARA SUA SAÚDE”.
Consulte Também
Bulário NOVO!
Laboratórios
Medicamentos Genéricos
Medicamentos Referência
Perguntas e Respostas
Medicamentos Genéricos
Embalagem
Glossário
O que são Genéricos
Quem somos?
Quem Somos
Política de Privacidade
Fale Conosco
Adicionar Favoritos
Indique este site
Links Rápidos
Alertas e Informes ANVISA
Unidades Públicas de Saúde
Conselho Nacional de Saúde
Conselho Federal de Farmácia
© 2019 Busca Remédio - Todos os direitos reservados - Política de Privacidade