Home » Bulário » ORGANONEURO ÓPTICO
Ver preço com desconto
Laboratório de Organoneuro Óptico
Gross
Apresentação de Organoneuro Óptico
Drg.: fr. c/ 20 drágeas.
Informações sobre Organoneuro Óptico
O aparelho ocular é particularmente afetado nas síndromes pluricarenciais. Vascularização e queratinização da córnea, opacificação progressiva do cristalino, dificuldade de adaptação à visão noturna, fotofobia, conjuntivite e fadiga visual, são sintomas que caracterizam distúrbios metabólicos oculares produzidos por inadequada suplementação à dieta, de fatores essenciais vitamínicos (vitaminas A, B1, B2, C e E).As lesões oculares resultantes da hipovitaminose A são particularmente significativas. As deficiências sub-clínicas do acetato de retinol (vit. A), contribuem para o desenvolvimento da miopia e o primeiro sintoma clínico de hipovitaminose A é a cegueira noturna ou dificuldade de visão na penumbra (hemeralopia). Nos estágios subseqüentes da deficiência aparecem o amolecimento da córnea, seguido de perfuração (queratomalácia) e ressecamento da conjuntiva (xeroftalmia).O beribéri, síndrome carencial da tiamina (vit. B1), inclui a neurite retrobulbar como sintoma ocular.Vascularização da córnea, prurido, lacrimejamento, fotofobia e fadiga visual, além de nictalopia, são sintomas oculares das hipovitaminoses B2 e C. A hipovitaminose C é acompanhada também de opacificação e ulceração da córnea.A hipovitaminose E, não inclui sintomas oculares típicos, porém, é conhecida a sua ação antioxidante protetora do acetato de retinol (vit. A).Esses dados experimentais explicam a potencialização de atividade terapêutica da vitamina A pelas vitaminas B2, C e E.Além dessas vitaminas, um aminoácido essencial, o L-triptofano, desempenha, importante papel no metabolismo ocular. Com efeito, um tipo de catarata experimental, com vascularização e queratinização da córnea e perda progressiva da transparência do cristalino, é obtida em animais, quando esse aminoácido (L-triptofano) é retirado da dieta.Apesar de não possuirmos ainda um exato conhecimento do mecanismo pelo qual aqueles fatores essenciais desempenham sua atividade biológica protetora da integridade morfológica e funcional do globo ocular, é fato comprovado que a supressão de qualquer um deles da dieta normal determina o aparecimento de sintomas visuais característicos da deficiência.Torna-se assim uma necessidade a suplementação dietética de todos aqueles fatores essenciais nas síndromes carenciais (distróficos) do globo ocular seja como medicação corretiva dos distúrbios metabólicos, seja como coadjuvante de tratamentos específicos (antibióticos, nas infecções, diuréticos, no glaucoma, etc.).Organoneuro Óptico reúne em sua fórmula os principais fatores conhecidos essenciais ao metabolismo do globo ocular.É, pois, um alimento específico do globo ocular mal nutrido, e um medicamento natural quando se visa a sua revitalização funcional e a estimular o seu metabolismo nas distrofias carenciais ou senis.
Indicações de Organoneuro Óptico
Distrofias carenciais do globo ocular; fotofobia; nictalopia; fadiga visual; como coadjuvante dos tratamentos da neurite retro-bulbar; retinite; uveíte e da catarata.
Contra Indicações de Organoneuro Óptico
Não foram relatadas até o momento, contra-indicações ao uso de vitaminas em quantidades correspondentes às necessidades diárias normais; entretanto o uso de Organoneuro Óptico deve ser evitado em pacientes com hipersensibilidade conhecida a qualquer um de seus componentes e no tratamento de hipovitaminoses específicas graves.
Advertências sobre o uso de Organoneuro Óptico
Foram descritos casos de mulheres que ingeriram quantidades excessivas de acetato de retinol (vit. A) durante a gravidez, cujos filhos manifestaram atraso de crescimento e fechamento prematuro das epífises. Ainda que na gravidez as necessidades de acetato de retinol (vit. A) estejam aumentadas, não são recomendadas doses diárias superiores a 6000UI. A vitamina C presente no Organoneuro Óptico® pode provocar: resultados falso-negativos no screening urinário para acetaminofen e no teste do guaiaco (sangue oculto nas fezes); elevação da ALT, bilirrubinas e creatinina; elevação na dosagem sanguínea de carbamazepina e ácido úrico; diminuição na dosagem sanguínea de teofilina; alterações nas medidas de glicemia. A vitamina C presente no Organoneuro Óptico® é dialisável. Um comprimido revestido de Organoneuro Óptico® contém 0,47kcal.
Uso na Gravidez de Organoneuro Óptico
[o fármaco (vitamina A) demonstrou evidências positivas de risco fetal humano; no entanto, os benefícios potenciais para a mulher podem eventualmente justificar o risco, como por exemplo, em caso de doenças graves ou que ameacem a vida, e para as quais não existam outras drogas mais seguras; este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica].
Interações Medicamentosas de Organoneuro Óptico
Doses elevadas de hidróxido de alumínio podem precipitar os ácidos biliares no duodeno, diminuindo desta forma a absorção de vitaminas lipossolúveis, sobretudo de retinol. Devem ser evitadas doses elevadas de retinol e/ou tocoferol na vigência de uso de anticoagulantes cumarínicos, para evitar a ocorrência de hipoprotrombinemia. A colestiramina, o óleo mineral e a neomicina administrados por via oral, podem interferir na absorção do retinol e do tocoferol. A administração simultânea de vitamina E pode facilitar a absorção, armazenamento hepático e utilização do retinol. Na administração conjunta de acetato de retinol (vit. A) com isotretinoína ou retinóide, ocorre potencialização da toxicidade de ambos fármacos por efeito aditivo; recomenda-se evitar a administração conjunta. O álcool modifica a absorção intestinal da riboflavina. Os antidepressivos tricíclicos e as feno-
Reações Adversas de Organoneuro Óptico
Reações alérgicas e idiossincrásicas não são impossíveis de ocorrer quando do uso de vitaminas. O uso exagerado e sem controle médico pode, em alguns casos, levar a sintomas de hipervitaminose.
Posologia de Organoneuro Óptico
1 a 2 drágeas às refeições, a critério médico.
Superdosagem de Organoneuro Óptico
Ingerir bastante líquido e procurar o serviço médico de urgência.
Características Farmacológicas de Organoneuro Óptico
Características farmacológicasO aparelho ocular é particularmente afetado nas síndromes pluricarenciais. Vascularização e queratinização da córnea, opacificação progressiva do cristalino, dificuldade de adaptação à visão noturna, fotofobia, conjuntivite e fadiga visual, são sintomas que caracterizam distúrbios metabólicos oculares produzidos por inadequada suplementação de fatores essenciais vitamínicos (vitaminas A, B1, B2, C e E) à dieta. As lesões oculares resultantes da hipovitaminose A são particularmente significativas. As deficiências sub-clínicas do acetato de retinol (vit. A), contribuem para o desenvolvimento da miopia e o primeiro sintoma clínico de hipovitaminose A é a cegueira noturna ou dificuldade de visão na penumbra (hemeralopia). Nos estágios subseqüentes da deficiência aparecem o amolecimento da córnea, seguido de perfuração (queratomalácia) e ressecamento da conjuntiva (xeroftalmia). O beribéri, síndrome carencial da tiamina (vit. B1), inclui a neurite retrobulbar como sintoma ocular. Vascularização da córnea, prurido, lacrimejamento, fotofobia e fadiga visual, além de nictalopia, são sintomas oculares das hipovitaminoses B2 e C. A hipovitaminose C é acompanhada também de opacificação e ulceração da córnea. A hipovitaminose E não inclui sintomas oculares típicos, porém, é conhecida a sua ação antioxidante protetora do acetato de retinol (vit. A). Esses dados experimentais explicam a potencialização de atividade terapêutica da vitamina A pelas vitaminas B2, C e E. Além dessas vitaminas, um aminoácido essencial, a triptofana, desempenha importante papel no metabolismo ocular. Com efeito, um tipo de catarata experimental, com vascularização e queratinização da córnea e perda progressiva da transparência do cristalino, é obtida em animais, quando esse aminoácido é retirado da dieta. Apesar de não possuirmos ainda um exato conhecimento do mecanismo pelo qual aqueles fatores essenciais desempenham sua atividade biológica protetora da integridade morfológica e funcional do globo ocular, é fato comprovado que a supressão de qualquer um deles da dieta normal determina o aparecimento de sintomas visuais característicos da deficiência. Torna-se assim uma necessidade a suplementação dietética de todos aqueles fatores essenciais nas síndromes carenciais (distróficas) do globo ocular, seja como medicação corretiva dos distúrbios metabólicos, seja como coadjuvante de tratamentos específicos (antibióticos, diuréticos no glaucoma, etc). Organoneuro Óptico® reúne em sua fórmula os principais fatores conhecidos essenciais ao metabolismo do globo ocular.A biodisponibilidade do acetato de retinol (vit. A) após administração oral é da ordem de 50 a 70%; a concentração plasmática máxima é alcançada em 5 a 10 horas; após administração oral, a concentração sangüínea do acetato de retinol (vit. A) retorna progressivamente ao seu valor inicial num período de 10 horas. Após ter sido absorvido, principalmente na porção superior doduodeno, o mononitrato de tiamina (vit. B1) é transformado em pirofosfato de tiamina (ou cocarboxilase), que é a sua forma ativa; sua meia-vida no organismo é de 10 a 20 horas; é excretado sob a forma de metabólitos (uma pequena fração inalterada), a maior parte através dos rins. Após ingestão, a riboflavina (vit. B2) converte-se em dois cofatores, o mononucleotídeo de flavina (FMN) e o dinucleotídeo de adenina e flavina (FDA), que são as suas formas ativas; é absorvida principalmente no duodeno; seu grau de ligação às proteínas é moderado; é metabolizada no fígado e excretada na urina. A absorção do ácido ascórbico é rápida no trato gastrintestinal (jejuno) e seu grau de ligação às proteínas é de aproximadamente 25%; é metabolizado no fígado e excretado via renal. A absorção do acetato de tocoferol ocorre no trato gastrintestinal, sendo mais intensa na presença de sais biliares; seu metabolismo é hepático e é eliminado pelas vias biliar e renal.
Uso em idosos, crianças e em outros grupos de risco de Organoneuro Óptico
Não há restrições de uso para crianças, desde que respeitada a IDR. Os efeitos do Organoneuro Óptico® sobre a amamentação não estão determinados. O médico assistente deverá avaliar os benefícios da droga em relação aos seus potenciais riscos.
Armazenagem de Organoneuro Óptico
Organoneuro Óptico deve ser armazenado à temperatura ambiente (temperatura entre 15 a 30ºC), protegida luz e umidade.
Ver preço com desconto
Aqui você encontra a bula do medicamento Organoneuro Óptico. Todas as informações sobre o medicamento Organoneuro Óptico têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento com o medicamento Organoneuro Óptico. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com o medicamento Organoneuro Óptico devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.
Todas as informações contidas neste site têm a intenção de somente informar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento.

Decisões relacionadas a tratamento de pacientes devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

“NÃO TOME NENHUM MEDICAMENTO SEM O CONHECIMENTO DE SEU MÉDICO. PODE SER PREJUDICIAL PARA SUA SAÚDE”.
Consulte Também
Bulário NOVO!
Laboratórios
Medicamentos Genéricos
Medicamentos Referência
Perguntas e Respostas
Medicamentos Genéricos
Embalagem
Glossário
O que são Genéricos
Quem somos?
Quem Somos
Política de Privacidade
Fale Conosco
Adicionar Favoritos
Indique este site
Links Rápidos
Alertas e Informes ANVISA
Unidades Públicas de Saúde
Conselho Nacional de Saúde
Conselho Federal de Farmácia
© 2019 Busca Remédio - Todos os direitos reservados - Política de Privacidade