Home » Bulário » OSTAC
Ver preço com desconto
Laboratório de Ostac
Roche
Apresentação de Ostac
cáps.: cx. c/ 40 cáps. de 400mg. sol. inj.: cx. c/ 5 amp. de 300 mg.
Informações sobre Ostac
O clodronato dissódico, sal sódico do ácido clodrônico, pertence a uma classe de substâncias, os bifosfonatos, que atuam especificamente sobre os ossos. Esta ação seletiva sobre o tecido ósseo se baseia na grande afinidade dos bifosfonatos com os cristais de fosfato cálcico, formando compostos complexos com a hidroxiapatita dos ossos, levando à modificação da estrutura cristalina e inibindo assim a dissolução dos cristais. O efeito terapêutico de Ostac (Clodronato dissódico) se baseia na inibição da destruição dos ossos, em doenças com atividade osteoclástica aumentada, por exemplo na hipercalcemia e em osteólises tumorais. Ostac (Clodronato dissódico) diminui os níveis elevados de cálcio sérico por inibição da liberação aumentada de cálcio do esqueleto. Em pacientes com tumores ou metástases ósseas, Ostac (Clodronato dissódico) evita a destruição óssea progressiva, aliviando com isso as dores ósseas subseqüentes, até o desaparecimento. Demonstrou-se tanto radiográfica quanto cintilograficamente que a progressão e a extensão das metástases ósseas existentes são evitadas, assim como a formação de novas metástases no esqueleto. A ação antiosteolítica de Ostac (Clodronato dissódico) se manifesta claramente em pacientes normocalcêmicos na forma de uma diminuição na excreção de cálcio e hidroxiprolina na urina. O clodronato não exerce nenhuma ação sobre a mineralização normal dos ossos nas concentrações que inibem a osteólise.
Indicações de Ostac
Osteólise conseqüente à metástase óssea de tumores sólidos (p. ex., carcinoma de mama, próstata ou tireóide) ou em conseqüência de neoplasias hematológicas (p. ex., mieloma múltiplo). Hipercalcemia conseqüente a metástases ósseas extensas, ou induzida por tumores malignos, sem metástases ósseas.
Contra Indicações de Ostac
- Hipersensibilidade à substância ativa; - Insuficiência renal, exceto quando necessário seu uso por curto prazo na insuficiência renal funcional decorrente de elevados níveis séricos de cálcio; - Inflamações agudas do trato gastrintestinal; - Gravidez e lactação.
Advertências sobre o uso de Ostac
Ostac (Clodronato dissódico) Solução injetável apenas deve ser administrado em infusão, em solução isotônica de cloreto de sódio, para evitar possíveis incompatibilidades. Durante o tratamento com Ostac (Clodronato dissódico), devem ser efetuados regularmente controles hematológicos e da função hepática, assim como do nível sérico de fosfato. A função renal deve ser regularmente controlada durante a terapia com Ostac (Clodronato dissódico) Cápsulas e mais freqüentemente durante o tratamento com Ostac (Clodronato dissódico) Solução injetável. Caso ocorra algum comprometimento da função renal, o tratamento com Ostac (Clodronato dissódico) deve ser interrompido. O nível sérico de cálcio deve ser monitorizado diariamente durante a terapia com Ostac (Clodronato dissódico) Solução Injetável e em intervalos de no mínimo 4 semanas durante a terapia com Ostac (Clodronato dissódico) Cápsulas. O tratamento com Ostac (Clodronato dissódico) Solução injetável deve ser interrompido, caso ocorra hipocalcemia, sendo que para pacientes tratados com Ostac (Clodronato dissódico) Cápsulas, a dose deve ser reduzida de acordo com as necessidades individuais.
Uso na Gravidez de Ostac
contra-indicado.
Interações Medicamentosas de Ostac
Alimentos com alto teor de cálcio, como leite e laticínios, diminuem a absorção de clodronato administrado por via oral. A absorção também é prejudicada por medicamentos contendo cálcio, ferro ou magnésio em doses altas, e também por antiácidos. Para evitar qualquer possibilidade de incompatibilidade, Ostac (Clodronato dissódico) Solução injetável deve ser diluído e administrado somente com solução isotônica de cloreto de sódio.
Reações Adversas de Ostac
No início do tratamento, e se doses altas forem utilizadas, poderão ocorrer distúrbios gastrintestinais, como náuseas e diarréia. Reações de hipersensibilidade cutânea podem ocorrer em casos isolados. Imediatamente após administração intravenosa da infusão, observou-se uma proteinúria passageira em casos isolados. Hipocalcemia pode ocorrer nos pacientes em tratamento com Ostac (Clodronato dissódico). Há relatos de insuficiência renal aguda após a administração intravenosa de clodronato, portanto deve-se proceder ao controle da função renal durante o tratamento com Ostac (Clodronato dissódico). Algumas alterações laboratoriais reversíveis, como redução da fosfatemia, elevação da fosfatase alcalina, de DHL e do hormônio paratireoideano poderão ocorrer.
Posologia de Ostac
Ostac (Clodronato dissódico) Cápsulas: A dose diária em geral é de 4 cápsulas. Caso necessário, pode ser utilizada uma dose diária de até 8 cápsulas no máximo. Ostac (Clodronato dissódico) Solução Injetável para infusão: A posologia recomendada é de 1 ampola como dose única diária na forma de infusão intravenosa. O tempo de infusão deve ser de 2 horas no mínimo. A dose diária de 1 ampola não deve ser ultrapassada.
Superdosagem de Ostac
Até o momento não foram descritas intoxicações com o uso do clodronato; entretanto, podem ocorrer náuseas e vômitos no caso de superdosagem aguda. A terapia consiste em tratamento sintomático. Através da ingestão de uma grande quantidade de clodronato dissódico pode desenvolver-se hipocalcemia, como conseqüência do efeito depletor de cálcio. A terapia para estes casos consiste no tratamento da hipocalcemia, por exemplo, através da administração de alimentos ricos em cálcio (leite) ou, em casos graves, de cálcio por via intravenosa.
Ver preço com desconto
Aqui você encontra a bula do medicamento Ostac. Todas as informações sobre o medicamento Ostac têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento com o medicamento Ostac. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com o medicamento Ostac devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.
Todas as informações contidas neste site têm a intenção de somente informar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento.

Decisões relacionadas a tratamento de pacientes devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

“NÃO TOME NENHUM MEDICAMENTO SEM O CONHECIMENTO DE SEU MÉDICO. PODE SER PREJUDICIAL PARA SUA SAÚDE”.
Consulte Também
Bulário NOVO!
Laboratórios
Medicamentos Genéricos
Medicamentos Referência
Perguntas e Respostas
Medicamentos Genéricos
Embalagem
Glossário
O que são Genéricos
Quem somos?
Quem Somos
Política de Privacidade
Fale Conosco
Adicionar Favoritos
Indique este site
Links Rápidos
Alertas e Informes ANVISA
Unidades Públicas de Saúde
Conselho Nacional de Saúde
Conselho Federal de Farmácia
© 2019 Busca Remédio - Todos os direitos reservados - Política de Privacidade