Home » Bulário » OTOSYNALAR
Ver preço com desconto
Laboratório de Otosynalar
Roche
Referência de Otosynalar
Glicocorticóides tópicos
Apresentação de Otosynalar
sol. fr. c/ 5 mlCada mL contém:Acetonido de fluocinolona 0,250 mgSulfato de polimixina B 10.000 UINeomicina base (como sulfato) 3,50 mgCloridrato de lidocaína 20 mg
Informações sobre Otosynalar
A terapêutica tópica das OTITES externas exige, em geral, a instituição simultânea de ummedicamento capaz de corrigir o fator inflamatório, de tanta importância nas mesmas eresponsáveis pela dor em muitos casos, e de um antibiótico ou associação antibiótica eficazcontra os germes mais habitualmente responsáveis pelos processos infecciosos auriculares.No primeiro estágio, o fluocinolona acetonida constitui o esteróide antiinflamatório tópico que dálugar, de um modo rápido, à regressão da sintomatologia inflamatória ou alérgica e ao quadrosubjetivo que a acompanha.O fluocinolona acetonida é capaz, por si só, de corrigir os quadros de eczema e prurido do ouvidoexterno, assim como grande número de otites externas, tão freqüentemente de origem alérgica.Por outra parte, a otalgia que acompanha estas síndromes também desaparece, ou ésubstancialmente aliviada.Em veículo adequado o Otosynalar (fluocinolona acetonida + sulfato de polimixina B + sulfato deneomicina + cloridrato de lidocaína) se difunde nas secreções próprias das otites e chega à lesão,levando a cabo sua ação antiinflamatória.A polimixina B constitui um antibiótico bactericida eficaz face aos germes Gram-negativoshabitualmente responsáveis pelas infecções auriculares.A neomicina, antibiótico de largo espectro e de notável estabilidade, não só reforça a atividade dapolimixina B sobre alguns germes, como também aumenta o campo de ação antibiótica.O cloridrato de lidocaína, como anestésico local, combate o sintoma dor, tão freqüente nasafecções do ouvido.O propilenoglicol que aparece como veículo solvente da fluocinolona, facilita a penetração dassubstâncias ativas.Otosynalar (fluocinolona acetonida + sulfato de polimixina B + sulfato de neomicina + cloridratode lidocaína) constitui, por conseguinte, medicamento eficaz nas síndromes otológicas externas,nas quais ao mesmo tempo em que corrige a inflamação e a infecção, faz desaparecer ossintomas subjetivos (prurido, ardor e dor).
Indicações de Otosynalar
Otite externa e outras condições inflamatórias que respondem à corticoterapia onde infecção bacteriana esteja presente ou suspeita.
Contra Indicações de Otosynalar
1. Infecções do ouvido, micótica ou virais, não tratadas.2. Herpes simples, vacina e varicela.3. Hipersensibilidade aos componentes da fórmula.4. Nas perfurações timpânicas.
Advertências sobre o uso de Otosynalar
O uso prolongado de corticosteróides tópicos pode produzir atrofia da pele e tecidos subcutâneos.Os glicocorticóides podem mascarar alguns sinais de infecção e novas infecções podem aparecerdurante o seu uso.
Uso na Gravidez de Otosynalar
Categoria de Gestação C: Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidassem orientação médica ou do cirurgião-dentista.Não é recomendado o uso do produto no primeiro trimestre da gravidez e no segundo trimestredeve-se avaliar os benefícios frente aos riscos que podem advir ao feto.
Interações Medicamentosas de Otosynalar
Os componentes do Otosynalar – polimixina B, o sulfato de neomicina e o cloridrato de lidocaína -podem apresentar interações com diversos medicamentos conforme descrito abaixo:- Fluocinolona acetonida: não há interações medicamentosas conhecidas e relevantes.- Polimixina B: bloqueadores neuromusculares como alcuronium, pancuronium e tubocurarina;antibióticos como amicacina, penicilina G, ampicilina e cefalosporinas; antifúngicos como aanfotericina B; prednisona; ranitidina e também vitaminas do complexo B e vitamina C.- Sulfato de neomicina: bloqueadores neuromusculares como alcuronium, pipecuronium;antibióticos como amoxacilina, ampicilina, penicilina G, diuréticos como a furosemida; digoxina;anticoagulantes como a varfarina e dicumarol; quinolonas como a floxacina e antineoplásicoscomo o metotrexate.- Cloridrato de lidocaína: broncodilatadores como aminofilina; antiarrítmicos como amiodarona;antibióticos como ampicilina, cefalosporinas, gentamicina; antifúngicos como a anfotericina B;digoxina; betabloqueadores como o labetolol e sulfas entre outros.
Reações Adversas de Otosynalar
Sistema imune: hipersensibilidadeSistema nervoso central: tontura, cefaléia, tremor, hipersônia, paralisia facial, sensação dequeimação, disgeusia, parestesia,sonolência.Alterações visuais: irritação dos olhos, vermelhidão nos olhos, lacrimejamento, edema palpebral.Distúrbios auditivos e vestibulares: dor no ouvido, zumbido no ouvido, diminuição da audição,distúrbios auditivos e desconforto auditivo.Pele e anexos: prurido, alterações na pele, alterações de pigmentação, dor no local de aplicação,dermatite acneiforme, rash, eritema, nódulos na pele, sensação de ardor, coceira, irritação,secura, foliculite, hipertricose, dermatite alérgica de contato, infecção secundária e atrofia da pele.Distúrbios cardiocirculatórios: palidez, hiperemia, hipertensão arterial.Distúrbios respiratórios: hipoestesia faringeal, dispnéia, desconforto nasal, dor faríngea.Distúrbios gastrointestinais: vômito, diarréia, náusea, hipoestesia oral, discinesia, disfagia, dorabdominal, hematoquezia, dor epigástrica e no quadrante superior do abdômen correspondendo aregião do fígado.Mal formações congênitas, genéticas ou familiares: dimorfismo facial.Têm sido relatadas ototoxicidade e nefrotoxicidade com o uso tópico de neomicina
Posologia de Otosynalar
Dose inicial usualTrês ou quatro gotas instaladas no ouvido 2 a 4 vezes ao dia.Não há evidência de que excedendo as doses máximas recomendadas obtenha-se maior eficácia, portanto, doses maiores devem ser evitadas.
Superdosagem de Otosynalar
Não há evidência de que excedendo as doses máximas recomendadas obtenha-se maior eficácia,portanto, doses maiores devem ser evitadas.Entretanto tais interações são mínimas, dada a baixa concentração dos componentes e a via deadministração. No último relatório de segurança, no período de janeiro de 2001 a dezembro de2004 não foram relatadas interações medicamentosas.
Características Farmacológicas de Otosynalar
A terapêutica tópica das OTITES externas exige, em geral, a instituição simultânea de um medicamento capaz de corrigir o fator inflamatório, de tanta importância nas mesmas e responsáveis pela dor em muitos casos, e de um antibiótico ou associação antibiótica eficaz contra os germes mais habitualmente responsáveis pelos processos infecciosos auriculares.No primeiro estágio, o fluocinolona acetonida constitui o esteróide antiinflamatório tópico que dá lugar, de um modo rápido, à regressão da sintomatologia inflamatória ou alérgica e ao quadro subjetivo que a acompanha.O fluocinolona acetonida é capaz, por si só, de corrigir os quadros de eczema e prurido do ouvido externo, assim como grande número de otites externas, tão freqüentemente de origem alérgica. Por outra parte, a otalgia que acompanha estas síndromes também desaparece, ou é substancialmente aliviada.Em veículo adequado o Otosynalar® (fluocinolona acetonida + sulfato de polimixina B + sulfato de neomicina + cloridrato de lidocaína) se difunde nas secreções próprias das otites e chega à lesão, levando a cabo sua ação antiinflamatória.A polimixina B constitui um antibiótico bactericida eficaz face aos germes Gram-negativos habitualmente responsáveis pelas infecções auriculares.A neomicina, antibiótico de largo espectro e de notável estabilidade, não só reforça a atividade da polimixina B sobre alguns germes, como também aumenta o campo de ação antibiótica.O cloridrato de lidocaína, como anestésico local, combate o sintoma dor, tão freqüente nas afecções do ouvido.O propilenoglicol que aparece como veículo solvente da fluocinolona, facilita a penetração das substâncias ativas.Otosynalar® (fluocinolona acetonida + sulfato de polimixina B + sulfato de neomicina + cloridrato de lidocaína) constitui, por conseguinte, medicamento eficaz nas síndromes otológicas externas, nas quais ao mesmo tempo em que corrige a inflamação e a infecção, faz desaparecer os sintomas subjetivos (prurido, ardor e dor).
Resultados de Eficácia de Otosynalar
Eficaz no tratamento de otite externa em crianças e adultos, 81% e 71% respectivamente, nas otites causadas por Staphylococcus aureus e Pseudomonas, de eficácia similar ao uso de ofloxacina tópica (Jones et al, 1997).
Modo de Usar de Otosynalar
Não há evidência de que excedendo as doses máximas recomendadas obtenha-se maior eficácia, portanto, doses maiores devem ser evitadas.
Uso em idosos, crianças e em outros grupos de risco de Otosynalar
No último relatório de segurança realizado de janeiro de 2001 a dezembro de 2004, apenas nove pacientes acima de 60 anos apresentaram eventos adversos após o uso de Otosynalar® (fluocinolona acetonida + sulfato de polimixina B + sulfato de neomicina + cloridrato de lidocaína), sendo 44,4% dos eventos reportados erro de medicação e 1 caso sério de aumento da pressão arterial num paciente de 65 anos com história prévia de hipertensão.
Armazenagem de Otosynalar
Conservar em temperatura ambiente (entre 15º e 30ºC). Manter bem fechado e evitar contaminação do frasco.Este medicamento possui prazo de validade a partir da data de fabricação (vide embalagem externa do produto). Não tome o medicamento após a data de validade indicada na embalagem; pode ser prejudicial à saúde.
Dizeres Legais de Otosynalar
MS-1.0100.0562Farm. Resp.: Guilherme N. Ferreira - CRF-RJ nº 4288Fabricado por:Produtos Roche Químicos e Farmacêuticos S.A.Est. dos Bandeirantes, 2020 CEP 22710-104 - Rio de Janeiro - RJCNPJ: 33.009.945/0023-39Indústria Brasileira Serviço Gratuito de Informações – 0800 7720 289 Rwww.roche.com.brVENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICANO do lote, data de fabricação, prazo de validade: vide cartucho.
Ver preço com desconto
Aqui você encontra a bula do medicamento Otosynalar. Todas as informações sobre o medicamento Otosynalar têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento com o medicamento Otosynalar. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com o medicamento Otosynalar devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.
Todas as informações contidas neste site têm a intenção de somente informar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento.

Decisões relacionadas a tratamento de pacientes devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

“NÃO TOME NENHUM MEDICAMENTO SEM O CONHECIMENTO DE SEU MÉDICO. PODE SER PREJUDICIAL PARA SUA SAÚDE”.
Consulte Também
Bulário NOVO!
Laboratórios
Medicamentos Genéricos
Medicamentos Referência
Perguntas e Respostas
Medicamentos Genéricos
Embalagem
Glossário
O que são Genéricos
Quem somos?
Quem Somos
Política de Privacidade
Fale Conosco
Adicionar Favoritos
Indique este site
Links Rápidos
Alertas e Informes ANVISA
Unidades Públicas de Saúde
Conselho Nacional de Saúde
Conselho Federal de Farmácia
© 2019 Busca Remédio - Todos os direitos reservados - Política de Privacidade